segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Paté de atum

Um paté de atum personalizado, feito especialmente para os petiscos da noite de fim-de-ano.


Ingredientes:
2 latas de atum de conserva em água
1 cebola pequena
maionese q.b.
raspa de limão
gengibre fresco
1/2 malagueta fresca
sal fino

Preparação:
Começar por picar a cebola finamente e reservar.
Numa taça, desfazer o atum com um garfo.
Adicionar a maionese aos poucos, mexer bem e ir vendo a consistência.
Acrescentar um pouco de raspa de limão, de salsa picada, da raspa do gengibre, a malagueta picada e um pouco de sal. Juntar bem todos os ingredientes e vai ao frigorífico antes de servir.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Winter pudding bombe

A foto de uma receita do Jamie Oliver para uma sobremesa de Natal que saiu na capa da revista mensal do supermercado Albert Heijn despertou a curiosidade do jeitoso e decidimos experimentar fazê-la para um jantar em casa de amigos. O resultado foi tão bom que acabou por ser a sobremesa eleita para a Ceia de Natal em família :)
E uma das belezas desta sobremesa é, como diz o próprio Jamie, que podemos prepará-la com dias, ou até mesmo semanas, de antecedência e tê-la ali prontinha para quando for necessária ;)





























Ingredientes:
1 l de gelado de baunilha
1 kg Panettone (costumam encontrá-lo à venda nos hipermercados pela altura do Natal)
125 ml Vin Santo (usámos Vinho Madeira)
3 colheres (sopa) bem cheias de doce de framboesa (usámos doce de cereja)
25 gr de pistáchio salgado sem casca
75 gr de gingas em calda, escorridas
40 gr de clementinas cristalizadas (usámos damascos secos)
2 clementinas frescas, 1 descascada e cortada em rodelas
200 gr de chocolate negro de boa qualidade (pelo menos com 70% cacau)


Preparação:
Fica aqui o video do Jamie - acho que não há como a visualização para compreender como confeccionar estas sobremesa ;)



quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Bavaroise de tomate-inglês

De regresso à ilha para passar o Natal com a família, aproveitei para fazer uma sobremesa com um fruto típico cá da terra, conhecido como tomate-inglês. E esta sobremesa fresca cai bem num Inverno em que a temperatura ronda os 21ºC!
Esta é uma receita tirada do livro Segredos de Cozinha - Madeira e Porto Santo (de Zita Cardoso).



Ingredientes:
1 embalagem (pequena) de natas
1 lata de leite condensado
5 folhas de gelatina
2 medidas da lata da massa do tomate-inglês (cerca de 10 tomates)

Preparação:
Misturar a gelatina com um pouco de água. Depois de mole, escorrer a água e levá-la a banho-maria para derreter a gelatina.
Levar a massa (natas, leite condensado e o tomate-inglês) ao banho-maria, para ficar na mesma temperatura e só assim juntar a gelatina.
Colocar no frigorífico e decorar com o molho feito da polpa do tomate e rodelas de tomate.



quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Bife à Bistrô

Faz algum tempo que não adicionamos experiências culinárias (as bem sucessidas - claro está!), não por falta de inspiração na cozinha, mas por preguiça mesmo...
...ontem, sozinho em casa quase que deixava a preguiça levar a melhor, mas lá reuni coragem e fui para a cozinha.

Ingredientes
2 Bifes do Lombo  (comprei um bife de vaca do lombo, de origem holandesa e biológico)
250g Cogumelos Portobello
750g Espinafres
150g Tomate Cherry
1 colher chá de Mostarda Dijon
2 colheres de sopa de crème fraîche
3 colheres de manteiga de côco
1 copo de vinho branco
Alecrim
Sal e Pimenta

Ultimamente temos (re)visto alguns episódios das series do Jamie Oliver (desta vez é Jamie at Home) e, sendo eu um fã incondicional da simplicidade de que ele se serve para criar verdadeiras obras de arte, tento sempre me inspirar nas suas criações. Percebi que é preciso ser-se criativo mas paciente!
Comece então por por o wok e uma frigideira a aquecer durante 7 minutos, cada uma com uma colher de sopa de manteiga de côco.
No wok deite duas mãos cheia de tomates cherry, com uma pitada de sal e pimenta.
Antes de por os bifes na frigideira, tempere com sal e pimenta de ambos os lados e coloque na frigideira quente.
Depois de 8 minutos, junte os espinafres aos tomates no wok e agite regularmente o wok, o espinafres precisam apenas de pouco mais de 2 minutos para estarem prontos.
Emprate, fazendo uma cama com os espinafres com os tomates por cima.
Deixe o bife fritar em lume alto a gosto (para mim, cerca de 4 minutos de cada lado) e deixe descansar, sem baixar o lume retire o bife e frite os cogumelos, depois de dourados, junto um copo de vinho branco. Deixe evaporar o alcool e junte a colher de mostarda e as duas colheres de crème fraîche, misture bem e ajuste o tempero com sal e pimenta.
Coloque os cogumelos  por cima dos tomates e espinafres e o bife por cima.
Misture duas colheres de sopa de manteiga com um dente de alho picado e salsa, e coloque uma noz de manteiga por cima do bife.


Acompanhe com um bom vinho tinto (recomendaria um bom Bordeaux) e delicie-se...

sábado, 18 de agosto de 2012

Panquecas

Fim-de-semana. Verão. Manhã solarenga. E sai um pequeno-almoço dos campeões! :)
A receita das panquecas veio daqui.


Ingredientes: (2-3 pessoas)
135g farinha branca
1 colher (chá) fermento em pó
½ colher (chá) sal
2 colheres (sopa) açúcar
130ml leite
1 ovo grande, ligeiramente batido
2 colheres (sopa) manteiga derretida ou azeite, mais um pouco para cozinhar

Modo de preparação:
Misturar a farinha, o fermento, o sal e o açúcar numa taça.
À parte, bater bater levemente o ovo batido com o leite e adicionar a manteiga derretida.
Adicionar esta mistura à farinha. Bater tudo com a ajuda de um garfo até que desapareçam todos os grumos e deixar repousar por alguns minutos.
Deitar uma noz de manteiga numa frigideira anti-aderente pré-aquecida. Quando tiver derretido a manteida, deitar uma concha do preparado anterior na frigideira. O creme vai parecer um pouco espesso mas a consistência dever ser mesmo essa.
Quando o topo da panqueca começar a formar bolhas, virá-la de modo a que ambos os lados fiquem dourados e a panqueca fique com cerca de 1 cm de espessura.
Repetir este processo até terminar toda a massa.
As panquecas podem ser mantida quentes no forno, a baixa temperatura, mas vão saber melhor se forem servidas directamente da frigideira.

As panquecas devem ser servidas com acompanhamento a gosto. Ficam aqui algumas sugestões:
- maple syrup
- maçã cozida com canela
- manteiga, queijo e fiambre
- mel de cana-de-açúcar
- iogurte e frutos vermelhos
- queijo-creme e compota
- doce de castanhas

sexta-feira, 6 de abril de 2012

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Penne met spinazie

Mudámo-nos para Amsterdão no mês passado.
Por vezes, é uma verdadeira luta no supermercado para saber ao certo se estou a comprar o que realmente quero, quando a descrição do produto está apenas em holandês!
Hoje, ao sair do supermercado Albert Heijn, trouxe a revista e encontrei esta receita. Como um amigo nosso que também cá está vinha jantar hoje cá a casa, resolvi experimentá-la. Com uma ajuda do Google para traduzir a receita, claro está!
E ficou uma delícia... ou como se diz por aqui, ficou lekker! ;)

Ingredientes: (para 4 pessoas)
300 gr de penne
4 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
3 dentes de alho amassados
2 chávenas de tomate-cherry em metades
1 colher (sopa) de açúcar
1 saco (400 gr) de folhas de espinafre fresco lavadas
2 sacos de mozzarella em cubos

Preparação:
Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem até ficar al dente.
Aqueça 2 colheres de azeite numa frigideira e frite a cebola com 2 dentes de alho durante 1 minuto.
Junte o tomate cherry e refogue durante 10 minutos em lume brando, mexendo sempre. Adicione o açúcar, o sal e pimenta.
Depois, aqueça as outras 2 colheres de azeite numa frigideira e frite o restante alho durante 1 minuto. Aos poucos, vá adicionando as folhas de espinafre e mexa até diminuir. Refogue por 4-5 minutos até ficar al dente.
Escorra o macarrão e junte à cebolada com o tomate. Adicione os espinafres e o mozzarella. Polvilhe com sal e pimenta.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Bolo de bolacha

Nunca mais tinha tentado fazer o meu bolo preferido depois deste fracasso.
Até que recentemente disseram-me que na secção de padaria dos supermercados , vendem um preparado em pó para fazer o tal creme russo!
E lá fui eu direitinha comprar o tal creme russo em pó, um produto que aparentemente é adquirido pelas padarias/pastelarias para decoração de bolos e afins. E ontem de manhã, finalmente, tive tempo para "testar" o creme :)
O que eu não sabia é que, depois de se começar a bater o creme, aquilo cresce imenso - tipo claras em castelo!
E cá fica o resultado final do bolo experimental:


Ingredientes:
250 gr de preparado em pó para creme russo
leite ou natas q.b. (utilizei leite magro)
café forte frio q.b. (não adicionei açúcar)
um cálice de brandy (opcional)
bolacha Maria q.b.
amêndoa ralada (opcional)

Preparação:
Fazer taça de café bem forte e deixar arrefecer. Se quiser um bolo mais doce, pode adicionar um pouco de açúcar. Depois de frio, pode-se adicionar um pouco de brandy (opcional).
Deitar o preparado em pó para creme russo numa taça e  ir adicionando leite, aos poucos, enquanto vai misturando com a batedeira até obter a consistência desejada.


Começar a mergulhar a bolacha, uma a uma, no café já frio, e dispor as bolachas no fundo de uma travessa/prato de servir.


Cobrir com uma camada de creme e fazer nova camada de bolacha embebida em café, e assim sucessivamente até acabar a bolacha. Reservar alguma bolacha para decoração.


A última camada deve ser de creme. Cobrir o bolo uniformemente com o creme, não esquecendo os lados.
Por fim, polvilhar com bolacha ralada e/ou com amêndoa ralada.



Nota: 
Como não sabia que o creme ia "crescer" tanto, acabei por utilizar todo o preparado em pó que tinha... o que deu para fazer 2 bolos iguais aos da foto. Assim, ter em consideração o facto de que 250gr do produto dá para fazer um bolo relativamente grande, que para essa quantidade serão necessários cerca de 750ml de leite.

domingo, 1 de janeiro de 2012