sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Bolo mármore para o aniversário do Pai

Pois é, Fevereiro é o mês dos aniversários por excelência na minha família (só o meu irmão é que "resolveu" nascer em Outubro) e já cá canta mais um! Este é um bolo que já faço há muitos anos e que desta vez resolvi fazer para o aniversário do meu Pai, que ontem comemorou mais um ano de vida. A inovação foi a cobertura, que nunca tinha feito (não sei se já mencionei aqui mas cobrir bolos nunca foi o meu forte...) e que ficou com a consistência perfeita! :)


Ingredientes:
250 gr de margarina (usei Becel)
300 gr de açúcar
4 ovos
500 gr de farinha de trigo
3 dl de leite (usei magro)
100 gr de nozes (não deitei)
1/2 chávena de chocolate em pó
2 colheres (chá) de fermento em pó

Cobertura de chocolate:
1 tablete de chocolate para culinária
1 pacote de natas (usei light, com 22% de M.G.)

Preparação:
Bata bem a manteiga com o açúcar. Junte as gemas e bata até obter um creme claro. Junte a farinha peneirada com o fermento, alternando com o leite. Acrescente as nozes e misture sem bater e, de seguida, as claras batidas em castelo, mas delicadamente.
Divida a massa em duas partes. Junte a uma das partes o chocolate em pó (costumo fazer 1/4 da massa de chocolate e deixar 3/4 branca). Unte com manteiga uma forma de bolo grande e polvilhe com farinha. Com uma colher, coloque as massas, alternando-as (se quiser, pode fazer movimentos circulares com um garfo para marmorizar, mas não deverá ser necessário).
Meta em forno pré-aquecido a uns 180ºC, durante cerca de 40 minutos.


Para fazer a cobertura, leve as natas e a tablete de chocolate partida aos bocadinhos a lume brando até derreter o chocolate por completo. Barre o bolo com este creme (enquanto o creme ainda está quente).


Termine a decoração a gosto. Desta vez, optei por espalhar amêndoa picada sobre a cobertura de chocolate.

Nota: usei uma chávena com capacidade para cerca de 250 ml.

2 comentários:

Elvira disse...

Isto não tem nada a ver com culinária...

Sou vim saber se estava tudo bem consigo e com os seus familiares. E dizer o quanto sinto pela Madeira e o seu povo. Fiquei muito triste com o que aconteceu.

Um forte abraço solidário.

Angela disse...

Olá Elvira. Felizmente eu e a minha família estamos bem. As pessoas que conheço e que já contactei também.
Muito obrigada pelo apoio.