domingo, 17 de janeiro de 2010

Torresmos

Embora a matança do porco seja algo tradicional da altura do Natal cá na Madeira (antigamente criavam-se os porcos ao longo do ano, que eram mortos antes do Natal - uma das poucas alturas do ano em que se comia carne no seio das famílias mais pobres), esta só teve lugar ontem em casa dos meus tios, no Arco da Calheta. O meu pai foi lá (eu não sou muito dada a estes acontecimentos...) e trouxe para casa várias carnes das quais retirou um bom bocado de toucinho (só a pele com a gordura) e fez estes torresmos hoje. Já não como destes petiscos (ai os meus níveis de colesterol!!) e bem que tento dissuadir os meus pais de comê-los, mas deixo cá a receita que faz parte da nossa herança gastronómica.



Ingredientes:
toucinho
sal q.b.

Preparação:
Corta-se o toucinho em quadrados largos e deita-se num tacho. Leva-se a lume brando, dando uma mexida de vez em quando até que estejam bem fritos. Não há necessidade de adicionar qualquer tipo de gordura pois a banha do porco será libertada durante a cozedura.



Para quem é adepto de utilizar banha de porco para cozinhar, pode escorrer o líquido (banha) que fica no fundo do tacho, colocá-lo no frigorífico dentro de um recipiente fechado e usá-lo posteriormente para cozinhar.

2 comentários:

Elvira disse...

Que bom petisco ! :)
Bjs.

Angela disse...

É sim! Bem estaladiço ;)