quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Canja de galinha da Madeira

Esta é a canja de galinha que se come na Madeira (que deslavado que me parece aquele caldo de água e frango que se come por esse País fora) e que este ano veio à mesa para o jantar da 1ª oitava. Algo mais leve só para aconchegar o estômago - mas acompanhada por um bom vinho alentejano ;)
Aliás, e a título de curiosidade, sabiam que por cá, ainda até meados do séc. XX, nos casamentos servia-se sempre canja de galinha?
Aqui fica então a sugestão também para o Réveillon - infelizmente, a canja desapareceu antes que tivesse oportunidade de tirar uma foto!

Ingredientes:
1 cebola média inteira
1 tomate inteiro
1 cenoura cortada aos quadradinhos
1 nabo cortado em quatro
1 pau de canela pequeno
massinhas a gosto ou arroz q.b.
1 galinha do campo e/ou miudezas (moelas, pescoço, coração, patas e fígado)

Preparação:
Deitar a cebola inteira, o tomate (inteiro e com pele), a cenoura, o nabo e a canela num tacho, juntamente com a galinha sem pele, e cobrir com água. Tenha o cuidado de retirar o tomate passado algum tempo enquanto ele ainda está inteiro, não o deixando se desfazer na canja. Quando a galinha estiver cozida, retire-a e adicione a massa (usámos aquelas em forma de estrelinhas) ou o arroz. Limpe a carne de ossos e desfie-a, adicionando no final.

Agora na passagem d'ano, a carne da canja desfiada também é usada para fazer sandes em pão de forma barrado com manteiga. Corta-se as sandes em triângulos e dispõe-se num tabuleiro, servindo juntamente com a canja.

~~ Feliz Ano Novo ~~

Nenhum comentário: